Quais despesas podem ser deduzidas do Imposto de Renda?

Quais despesas podem ser deduzidas do Imposto de Renda?

Sempre que você começa a pensar em como realizará a sua declaração do Imposto de Renda (IR), logo surgem algumas dúvidas: é possível domar o leão e fazer com que ele não cause muito impacto no seu bolso? E, afinal, quais despesas podem ser deduzidas do Imposto de Renda?

As duas questões têm ligação, pois é, sim, possível reduzir o impacto do leão em suas finanças. Principalmente quando você utiliza despesas dedutíveis na sua declaração.

Para conseguir um bom resultado é só atentar às regras, inclusive em relação à maneira certa de declarar.

Pensando nisso, preparamos este post com as informações que você precisa para entender como fazer isso. Acompanhe!

Mas o que são despesas dedutíveis no Imposto de Renda?

Sabia quais despesas podem ser deduzidas do Imposto de Renda

Despesas dedutíveis são aquelas que amortizam a base de cálculo do IR. O valor desses gastos é subtraído dos rendimentos totais, reduzindo o valor-base para cálculo do Imposto de Renda.

Assim, a probabilidade de você ter direito à restituição aumenta. Além disso, havendo imposto a pagar, o valor é consequentemente menor.

Contudo, são consideradas despesas dedutíveis os gastos com itens essenciais, como saúde e educação.

Entretanto, é importante destacar, ainda, que as despesas dedutíveis precisam de comprovação e podem aparecer apenas na declaração completa.

“A quantidade de deduções a fazer influencia a forma como você vai fazer a sua declaração de Imposto de Renda. Existem duas opções: a declaração completa e a simplificada.” — Reginaldo Coutinho, Gerente de Tributos da MAG Seguros

Quanto mais deduções, menor será o valor para cálculo do IR. Para quem tem poucas deduções a fazer, em geral, é vantagem realizar a declaração simplificada.

Nesse modelo de declaração, a Receita concede um desconto de 20% sobre a renda tributável sem necessidade de comprovar os gastos.

Mas quais despesas podem ser deduzidas do Imposto de Renda? Pode ser qualquer gasto com educação? E quanto às despesas médicas? Os gastos também se aplicam aos dependentes?

Veja, na sequência, as dicas que nós temos sobre as despesas dedutíveis no Imposto de Renda!

Quais despesas podem ser deduzidas do Imposto de Renda?

Ao se preparar para fazer a sua declaração, não se esqueça de que existem regras específicas para cada caso. Portanto, organize todas as suas despesas com os respectivos comprovantes e avalie se elas são realmente dedutíveis.

Para você entender melhor essas situações, destacamos, a seguir, 7 casos especiais para dedução.

1. Saúde

As despesas com saúde dedutíveis são os gastos com consultas de diversas especialidades — desde médicos até psicólogos, dentistas e fisioterapeutas, entre outros —, internação hospitalar, cirurgias e plano de saúde.

Além disso, também envolvem exames laboratoriais, serviços radiológicos, aparelhos e próteses ortopédicas e dentárias.

Podem ser deduzidas, inclusive, despesas com procedimentos estéticos, desde que tenham sido realizados por médicos em estabelecimentos médicos.

Contudo, como não há um limite de valor para despesas com saúde no Imposto de Renda, elas podem colaborar bastante para reduzir a base de cálculo.

2. Educação

Despesas com educação têm um limite anual para deduzir. Em 2022, o limite é de R$ 3.561,50 por pessoa ou dependente.

Nesse caso, são despesas dedutíveis no Imposto de Renda os gastos com creche, pré-escola, ensino fundamental, médio e superior — graduação e pós-graduação —, além de ensino técnico e tecnológico.

No entanto, vale destacar que as despesas com transporte, uniforme e material escolar não são dedutíveis. Também não entram cursos, como o de línguas.

3. Dependentes

Quais despesas podem ser deduzidas do Imposto de Renda? Descubra!

Nem sempre é vantajoso declarar dependentes, pois é necessário declarar os seus rendimentos e bens.

Caso vá declarar, o valor máximo a deduzir é de R$ 2.275,08 por pessoa. Contudo, considera-se dependentes o cônjuge/companheiro, filhos, enteados, irmãos, netos, bisnetos, pais, avós, bisavós e qualquer pessoa de quem você seja tutor ou curador.

Entretanto, é importante atentar para as regras referentes ao limite de idade e rendimentos, entre outros detalhes.

4. Pensão alimentícia

Os pagamentos de pensão alimentícia com autorização da justiça podem ter dedução.

No entanto, quem recebe a pensão deixa automaticamente de ser dependente do contribuinte e passa a ser alimentando. Nesse caso, é possível deduzir apenas a pensão alimentícia que pagar.

5. Previdência privada

Para deduzir o investimento com previdência privada é necessário contribuir com o INSS e existe um limite para dedução: até 12% da renda bruta anual.

Entretanto, somente investimentos do tipo PGBL (Plano Gerador de Benefício Livre) são despesas dedutíveis no Imposto de Renda. A dedução não vale para os planos VGBL (Vida Gerador de Benefício Livre).

Saiba mais: Como declarar previdência privada no Imposto de Renda?

6. Livro-caixa

Independentemente de terem recebido de pessoas físicas e/ou jurídicas, profissionais autônomos devem se atentar às despesas que poderão ter dedução no IR.

Entre elas estão as despesas indispensáveis à realização do seu trabalho, como os gastos com o aluguel do espaço de trabalho, contas de luz, água e telefone, entre outras.

7. Doações

Declarar as doações não reduz a base de cálculo do IR, mas, sim, o valor do próprio imposto.

Contudo, elas podem ser para fundos de assistência à criança, ao adolescente, ao idoso, incentivo à cultura, ao audiovisual e ao desporto. Porém, isso só vale para os fundos de órgãos municipais, estaduais e nacionais.

Onde os gastos devem ser informados na declaração?

Mesmo após saber quais despesas podem ser deduzidas do Imposto de Renda, é possível que você ainda tenha insegurança para fazer a sua declaração.

Contudo, para facilitar mais esse processo, saiba que as despesas com saúde, educação, pensão alimentícia e previdência privada devem ser declaradas na parte denominada “Pagamentos Efetuados” do programa da Receita Federal.

Já os gastos com dependentes devem constar na aba “Dependentes”. As despesas com livro-caixa ficam na aba “Outras Informações”. Já as doações entram na ficha “Doações Efetuadas”.

Agora que você já sabe quais despesas podem ser deduzidas do Imposto de Renda e como fazer isso, é só prestar atenção ao prazo para não deixar para a última hora.

Assim, você vai conseguir informar todas as despesas dedutíveis com tranquilidade para ter o menor impacto possível no seu orçamento e, quem sabe, até garantir uma restituição.

Então, conseguiu entender quais despesas podem ser deduzidas do Imposto de Renda? Para não correr o risco de errar na hora de fazer a sua declaração, leia também o nosso post que traz um passo a passo de como declarar o IR!

Cadastre-se para receber atualizações por e-mail