Empreendedorismo infantil: incentive seu filho a ter criatividade e iniciativa

Empreendedorismo infantil: incentive seu filho a ter criatividade e iniciativa

Você já viu em filmes americanos aquela garotinha vendendo limonada na frente de casa? Isto no Brasil pode não ser comum devido à nossa cultura, mas existem outras maneiras dos pais incentivarem o empreendedorismo infantil por aqui. Empreender enquanto criança pode ajudar seu filho a ter mais criatividade e inciativa, características muito valorizadas no mercado de trabalho. Além de formar um adulto mais seguro e autoconfiante.

Leia também 10 dicas de como falar sobre educação financeira infantil

Segundo uma pesquisa do Endeavor, instituto voltado para o tema, o número de pessoas que abrem seu próprio negócio no Brasil aumentou 44% nos últimos 10 anos. E já existem crianças ganhando dinheiro mundo a fora. O inglês Henry Patterson, de apenas 10 anos, começou vendendo adubo feito em casa pelo eBay e hoje possui três empresas. Sua última, “Not Before Tea” (Não antes do chá), fez tanto sucesso que ele teve que pedir ajuda aos pais. Mesmo dividindo tarefas, ele ainda é o responsável pelo marketing e embalagens dos produtos.

Exemplos como o de Henry mostram que é possível incorporar estas questões no universo infantil. E quanto mais cedo eles começam, maior é a possibilidade de tenham novas ideias e abram novas frentes quando crescerem. O empreendedorismo infantil, mesmo que não seja a abertura de uma empresa, é uma forma de o seu filho alcançar seu sonho. Portanto, leia nossas dicas e saiba como ajudá-lo.





Ensine o valor do esforço e recompensa

Mostre para a criança que todo esforço tem uma recompensa. Você pode falar de como ganha seu salário, que paga as saídas e viagens da família.

Os erros e acertos em dar mesada para os filhos

Fale sobre persistência e comprometimento

Ter o próprio negócio não é fácil, exige persistência e comprometimento do dono. Explique que ele não pode se abater diante de dificuldades que encontre durante a empreitada.

Não desestimule ideias que você ache inviáveis

As crianças são criativas por natureza. Elas sempre vão enxergar uma nova forma de fazer algo cotidiano. Não a desestimule, assim você a desmotiva e limita a criatividade. Deixe que ela encontre um obstáculo e uma nova solução para contorná-lo.

Incentivar atividades pequenas e resolução de problemas

Reciclagem ou reaproveitamento de materiais podem ser bons caminhos para começar a estimular a criatividade.

Jogo de educação financeira para crianças

Livros sobre educação financeira para crianças





Cadastre-se para receber atualizações por e-mail