Infidelidade financeira: entenda o que é e como evitá-la

Infidelidade financeira: entenda o que é e como evitá-la

As dinâmicas do relacionamento variam de casal para casal. Enquanto alguns gostam de dividir os mínimos detalhes de suas vidas pessoais, outros valorizam a independência e preferem não compartilhar tudo com o parceiro. O problema acontece quando os segredos entre o casal envolvem as finanças. Nesse cenário, o risco de cometer infidelidade financeira aumenta substancialmente.

Ser infiel financeiramente nada mais é do que não ser totalmente honesto com o parceiro em relação às finanças. Por exemplo, ao esconder dívidas, mascarar gastos ou, até mesmo, não revelar investimentos são ações que se enquadram nessa categoria.

No longo prazo, a infidelidade financeira pode prejudicar não só as finanças do casal, mas o relacionamento como um todo. Em suma, neste post você saberá o que é infidelidade financeira, como ela impacta na vida dos casais e como evitá-la. Confira!

O que é infidelidade financeira?

Saiba como lidar com a infidelidade financeira

Entre as definições de infidelidade no dicionário estão falta de fidelidade, ato de adultério, traição e, até mesmo, furto. Na prática, isso quer dizer que ser infiel é, basicamente, faltar com a verdade.

Nesse sentido, pode-se definir como infidelidade financeira o ato de não ser totalmente transparente com o parceiro em relação a aspectos das finanças — pessoais ou do casal.

Imagine uma situação em que recém-casados lutam para equilibrar as contas para montar uma casa, mas um dos dois continua gastando além das possibilidades, escondendo as compras que faz do parceiro. Isso é infidelidade financeira.

Também se enquadra no conceito ter investimentos ou uma reserva de emergência e, propositalmente, não revelar ao parceiro por algum motivo.

Em que situações a infidelidade financeira ocorre?

O conceito de infidelidade financeira é amplo e pode variar de casal para casal, dependendo do pacto que fizeram no início do relacionamento. É possível elencar, no entanto, algumas situações que são indícios de infidelidade nas finanças e que merecem atenção especial. Veja!

Preocupação excessiva

Quando um dos parceiros demonstra preocupação excessiva com o dinheiro ou foge de conversas que tratam sobre o tema, sinal de alerta! Isso pode indicar que a pessoa está enfrentando dificuldades financeiras ou, pelo menos, tem dificuldades de conversar com o parceiro abertamente sobre a questão.

Faturas escondidas

O controle financeiro é parte importante do planejamento familiar. Se uma das partes do casal começa a esconder suas faturas de contas e cartão de crédito, é um indicativo de que algo não vai bem na área financeira ou no relacionamento.

Falta de transparência em relação ao patrimônio

Muito se fala de infidelidade financeira quando uma das partes do casal esconde dívidas, empréstimos ou gastos excessivos do parceiro, mas também pode se enquadrar nessa categoria o ato de esconder da pessoa com quem se vive ou namora os investimentos ou parte do patrimônio.

Outro sinal de alerta é não querer revelar ao parceiro o salário ou os benefícios recebidos.

Como a infidelidade financeira impacta a vida dos casais?

O que é infidelidade financeira? Descubra!

São várias as situações e atitudes com potencial para serem consideradas como infidelidade financeira.

Independentemente de serem mentiras bobas (como uma compra escondida) ou algo mais complexo (como dívidas que colocam em risco os bens do casal), é fato que não ser transparente em relação às finanças pode ter um impacto grande no relacionamento.

O primeiro baque é a perda da confiança quando o parceiro descobre a mentira ou a omissão. Além disso, a falta de transparência pode evoluir para um quadro em que as duas pessoas passam a viver vidas totalmente separadas — o que pode colocar em risco a construção de uma vida a dois.

O que fazer para evitar a infidelidade financeira?

A infidelidade em relação às finanças pode acontecer por uma série de motivos: falta de educação financeira, dificuldade de ter uma conversa aberta com o parceiro ou, até mesmo, bloqueio para lidar com o dinheiro de forma madura.

Para evitar desgastes e o fim da relação, é importante buscar formas de evitar a infidelidade financeira. Então confira algumas estratégias.

Seja transparente

O primeiro passo para não ser infiel no âmbito das finanças é ser transparente. Na prática, isso quer dizer não esconder informações financeiras que você sabe que são relevantes para a vida do casal.

É claro que cada par tem seu estilo de vida e suas combinações, então, é importante usar o bom senso para saber o que precisa ser dito para o parceiro, de forma a manter uma relação de honestidade em relação ao tópico finanças.

Use planilhas

Essa estratégia é especialmente importante para casais que vivem juntos e, de alguma forma, dividem suas contas. Usar planilhas é uma maneira de controlar os gastos domésticos do casal e traçar planos — para cortar despesas e investir em sonhos em comum, por exemplo.

O ideal é ter uma planilha compartilhada para os gastos que são comuns aos dois, como conta de energia, gás e outras, caso dividam a casa. Os gastos pessoais podem ser registrados nesse mesmo documento ou, dependendo do acordo que funcionar melhor para o casal, em planilhas separadas, mas que o outro saiba da existência.

Trace planos em conjunto

Muitas vezes a infidelidade financeira acontece porque o casal trata suas finanças de forma totalmente independente. Nesse sentido, traçar alguns planos de conjunto pode ser uma boa solução.

Seja algo menor, como uma viagem de final de semana, seja uma meta de vida mais ambiciosa, como comprar um apartamento, o importante é que os dois trabalhem em conjunto para organizar as finanças e alcançar o sonho.

Como o casal deve agir para contornar o problema?

A honestidade é sempre a melhor política para lidar com a infidelidade financeira. Uma das formas mais eficazes para contornar o problema é ser transparente não só em relação aos atos de infidelidade nas finanças, mas ao que levou a situação a acontecer.

A partir daí, é hora de seguir as estratégias para evitar a infidelidade financeira, buscar a transparência e reconquistar a harmonia não só nas finanças, mas na vida a dois como um todo.

Gostou deste conteúdo sobre infidelidade financeira? Então, entenda também qual é o impacto da sua vida financeira na sua saúde!

Cadastre-se para receber atualizações por e-mail