Juros e desemprego: entenda a relação e como se proteger

Juros e desemprego: entenda a relação e como se proteger

O poder de compra do consumidor é um dos principais termômetros de uma economia. As altas taxas de juros e desemprego costumam estar relacionadas de uma forma sutil, mas com grande impacto no mercado de trabalho.

Entenda como os juros podem afetar sua estabilidade financeira e conheça algumas estratégias para se proteger dos seus efeitos negativos.

Juros e desemprego: qual é a relação?

Uma taxa de juros mais elevada tende a reduzir o consumo, pois o crédito e o parcelamento acabam ficando mais caros. Isso afeta diretamente a fabricação de novos produtos e pode estagnar a economia.

As empresas também deixam de financiar a expansão dos negócios, pois fica inviável e arriscado tomar dinheiro emprestado. Já deu para perceber que esse é um cenário propício para demissões e redução de custos, não é?

Como suavizar o impacto das flutuações econômicas na sua vida?

Não dá para controlar o que acontece na economia do país e do mundo, mas é possível se preparar para lidar com as oscilações e incertezas que essas flutuações causam na sua saúde financeira. Veja como se preparar para uma eventual turbulência econômica.

Tenha um planejamento financeiro

É essencial ter um planejamento com todas as informações sobre seus gastos mensais, como despesas com alimentação, transporte, moradia, educação, saúde e lazer.

Só então é possível avaliar quais serão as suas necessidades e metas para os próximos meses — comprar um carro novo, realizar uma viagem, juntar dinheiro para a graduação dos filhos, plano de previdência etc. — e se organizar para isso.

Faça uma reserva de emergência

O segredo para passar de forma mais tranquila por uma turbulência financeira é ter uma reserva de segurança. Estabeleça um objetivo de valor mensal que deverá ser guardado e investido.

Você pode comprar Títulos do Tesouro Direto como forma de guardar dinheiro ou investir em outra aplicação de renda fixa, como um CDB.

É melhor iniciar com valores pequenos — R$50 mensais por exemplo — do que esperar sobrar uma quantia grande para poder começar.

Invista um pouco do seu tempo livre para entender como funciona o mercado financeiro. É fácil encontrar conteúdo de ótima qualidade na internet.

Controle os gastos

Invista algum tempo diário para entender como seu dinheiro é gasto. Existem muitos aplicativos gratuitos que ajudam nessa tarefa. Mas, se você não gosta ou não tem afinidade com eles, também vale o velho e bom caderno de anotações.

O importante é você saber exatamente quanto entra e sai de dinheiro, para não se perder nas contas. Tudo o que você não precisa é estar com dívidas em um cenário de juros alto e desemprego, não é mesmo?

Qual é o papel do seguro de vida para se proteger dos juros alto e desemprego?

Eventos imprevisíveis e incontroláveis fazem parte da vida, por isso, manter um bom seguro de vida ajuda a trazer segurança para a família. A perda do emprego e situações econômicas difíceis podem atingir qualquer pessoa e até fragilizar a saúde por causa do estresse.

Pode parecer que as notícias econômicas não afetam diretamente a sua vida, mas juros e desemprego sempre andarão lado a lado. O bom é que agora você já sabe como se preparar para passar pelas oscilações de forma mais suave, certo?

Existem outras formas de cuidar da sua saúde financeira. Confira também algumas informações sobre planejamento familiar!

Cadastre-se para receber atualizações por e-mail