Veja 8 dicas para você ficar rico

Veja 8 dicas para você ficar rico

Quem nunca se perguntou “como ficar rico” que atire a primeira pedra, não é mesmo? Seja para realizar um sonho antigo, seja mesmo para levar uma vida tranquila, é difícil encontrar alguém que, em certo ponto da vida, não desejasse ter mais recursos e melhores condições financeiras.

Cada um tem seus motivos. Mas o que realmente leva uma pessoa a ser rica pode ser resumido em um conjunto de várias boas práticas — e claro, muito trabalho honesto.

Se você também faz parte do time das pessoas que estão preparadas para alcançar o sucesso financeiro, este conteúdo é para você! Aqui listamos 8 atitudes imprescindíveis que podem ajudar a chegar lá e, também, o que pode estar impedindo você de atingir seu objetivo. Acompanhe!

Como ficar rico?

Realizar um controle minucioso dos gastos, escolher investimentos inteligentes e ter objetivos claros estão na lista de nossas dicas de como ficar rico. Veja todos os detalhes a seguir!

1. Defina seus objetivos

Está pensando "quero ficar rico"? Comece pelo objetivo

Estabelecer seus objetivos financeiros de forma clara vai ajudar a montar um plano de investimentos. Para isso, encontre o que motiva você a melhorar suas condições financeiras, como:

• adquirir a casa própria;

• trocar de carro;

• garantir uma aposentadoria tranquila;

• viajar o mundo;

• ser dono do próprio negócio etc.

Por exemplo, se o seu sonho é comprar a casa própria, é importante ter uma noção do valor de que precisa para adquirir o imóvel ideal, além de saber se suas receitas e economias são suficientes para mantê-lo. Ter os objetivos em mente é o primeiro passo para que você tenha motivação para seguir no caminho até atingi-los.

Ao elencar as metas e ter essas informações em mãos, você terá uma boa noção de quanto dinheiro e tempo precisa para realizar seus sonhos.

2. Estabeleça hábitos de acordo com seu propósito

Muitas ações do dia a dia são tomadas por meio de hábitos, em geral inconscientes e disparados por gatilhos mentais construídos no passado. Sabendo disso, um passo importante a ser tomado na sua estrada para ficar rico é reprogramar totalmente a rotina.

Comece eliminando hábitos destrutivos, como usar redes sociais o dia inteiro e por motivos rasos. Troque-os por costumes que elevem a sua capacidade de construir riquezas. Ao estabelecer essas boas práticas, você será capaz de escolher atitudes fundamentais para alcançar os objetivos de poupar e investir, por exemplo.

Vale destacar que bons hábitos influenciam todas as áreas da sua vida. Por exemplo, práticas saudáveis como alimentação regulada e exercícios físicos motivam a autoestima, a autoconfiança e a capacidade de aprendizado. Logo, uma boa rotina pessoal e profissional facilita também a busca pelo sucesso financeiro.

3. Dedique seu tempo ao planejamento financeiro

O terceiro passo para quem vive pensando “quero ficar rico” é montar um planejamento financeiro, algo que pode fazer toda a diferença no alcance dos objetivos listados.

É preciso manter os pés no chão e começar pelo básico: garantir que você, necessariamente, gaste menos do que ganha. Caso tenha dívidas, deve trabalhar para quitá-las antes de avançar para as etapas seguintes. Ninguém consegue economizar ou enriquecer sem se livrar das dívidas, ou sem ter receitas maiores do que as despesas.

A melhor forma de começar a organização financeira é ficar atento a alguns elementos essenciais, como saber com exatidão quanto você ganha todos os meses — excluindo impostos e descontos. Liste também quais são as suas despesas, identificando-as preferencialmente em categorias:

• despesas recorrentes e necessárias: aluguel, energia, água, condomínio, alimentos, telefone/celular, entre outros;

• despesas supérfluas: balada, restaurantes, compras, presentes etc.

Essa classificação permite se organizar, identificar onde está gastando dinheiro e apontar possíveis pontos de corte. Caso seja necessário, faça ajustes específicos no orçamento. Evite contrair novas dívidas e, sempre que possível, prefira realizar compras à vista.

Essas medidas ajudam você a ficar a par do orçamento familiar e se manter realista. Elas também aumentam as chances de atingir seus objetivos financeiros, pois permitem quantificar o quão próximo ou distante você está de alcançá-los.

4. Use a tecnologia para ajudar a controlar gastos

Use a tecnologia para alcançar seu objetivo "quero ficar rico"

Relacionado à dica anterior, aproveite a vasta facilidade oferecida pela tecnologia: utilize esse recurso para controlar seus gastos e organizar suas atividades financeiras! Os aplicativos e ferramentas disponíveis são de fácil acesso e podem se transformar em grandes aliados na busca pela riqueza.

Além disso, eles ajudam você a dedicar tempo a aspectos que realmente podem fazer a diferença, como os do tópico a seguir.

5. Tenha foco e atitude positiva

Como sabemos, ser rico é um sonho de muitos, mas uma realidade de poucos. O que diferencia essa pequena parte da população é o foco.

Essas pessoas sabem o que querem e aonde desejam chegar. Além de trabalhar duro durante a jornada, os indivíduos ricos mantêm uma atitude positiva com os percalços do caminho, seguindo perseverantes naquilo a que se destinaram.

Por isso, não perca as esperanças quando as coisas parecerem mais difíceis do que você imaginava. Aprenda com as suas falhas, estude para que elas não se repitam e tente novamente. Assim como mencionamos acima, tudo é uma questão de costume. Portanto, escolha criar hábitos que guiem você ao sucesso.

6. Fique de olho nas oportunidades

Quem quer aprender como ficar rico precisa ter atenção ao que acontece no Brasil e no mundo. Nesse sentido, a informação é sua principal aliada. Para conhecer as melhores oportunidades, acompanhe o noticiário econômico, leia sobre finanças pessoais e busque as novidades do mundo dos investimentos.

Investir em educação financeira permite adquira conhecimentos essenciais para administrar melhor suas finanças. E, também, que tenha acesso a oportunidades, sabendo identificar se elas valem ou não a pena de acordo com seu perfil e objetivos financeiros.

7. Cuide do seu dinheiro

Ter atenção a possíveis oportunidades é importante. Mas, para ficar rico, você pode e deve fazer mais. Além de ficar atento a tendências, acompanhe de perto o seu dinheiro.

Na prática, isso quer dizer que você deve separar uma hora semanal para checar seus extratos, analisar os seus gastos e acompanhar o desempenho dos seus investimentos.

Esse tempo de revisão é importante porque possibilita verificar se seu dinheiro está rendendo o esperado ou se, por outro lado, os rendimentos estão muito aquém do que você espera. Se esse for o caso, pode valer a pena pesquisar outros produtos que ofereçam maior rentabilidade ou sejam mais adequados ao que você procura.

Cuidar do seu dinheiro passa também por analisar como andam suas despesas. Veja se está conseguindo se manter dentro de um teto de gastos aceitável e verifique possíveis desperdícios, como taxas que não precisaria pagar ou assinaturas que custam mais do que valem.

8. Invista as suas economias

Investir é um fator fundamental do processo. Quem quer saber como ser rico precisa ter em mente que dinheiro parado é dinheiro perdido. Garanta que suas economias estão sempre aplicadas e que, assim, você está fazendo suas riquezas trabalharem a seu favor.

8.1 INVISTA DA MANEIRA CERTA

Investir da maneira certa é um passo importante para acumular ainda mais riquezas. Nesse caso, a primeira etapa é entender o seu perfil de investidor e ter clareza de quais são seus objetivos de vida.

Para isso, analise o dinheiro que você tem guardado e reflita sobre o uso que pretende dar àquela reserva financeira. É recomendado, inclusive, pensar em curto, médio e longo prazo. Você pode separar parte das suas economias para uma reserva de emergência e outra para se aposentar, por exemplo.

Com isso definido, você pode escolher os melhores investimentos para aquilo que guardou de acordo com os objetivos. O dinheiro guardado para reserva de emergência pode ser aplicado em um produto que ofereça liquidez.

No caso da aposentadoria, prefira produtos que ofereçam segurança, mas um melhor rendimento no longo prazo. Além de investir bem suas economias, é preciso investir sempre. Ou seja, programe-se para fazer um aporte mensal e tornar o investimento um hábito.

8.2 BUSQUE AJUDA ESPECIALIZADA

É recomendável diversificar as aplicações em ativos de diferentes riscos, maximizando assim sua rentabilidade. Contudo, não há problema se você for novato no assunto e acredita que não conseguirá investir sozinho.

Hoje em dia, empresas e profissionais especializados em planejamento de investimentos trabalham justamente com o foco de ajudar investidores iniciantes nessa tarefa. Mais uma vez, a tecnologia pode ser sua aliada, já que existem ferramentas gratuitas para auxiliar no caminho.

O que pode estar impedindo você de ficar rico?

Seguir conselhos sem analisar a sua situação, procrastinar e ficar na zona de conforto são erros que podem atrapalhar o seu sonho de ficar rico. Confira todos os detalhes!

Seguir conselhos negativos

Agora que já sabe como ficar rico, é essencial reservar um tempo para conhecer atitudes e comportamentos que podem impedir a realização do seu objetivo. Seguir conselhos negativos certamente é um dos hábitos mais nocivos para as finanças.

É uma situação comum: você compartilha com um amigo ou familiar que tem um dinheiro para investir. A pessoa logo recomenda um investimento X, que deu certo para ela. Você segue a recomendação sem avaliar se o produto está alinhado com seus objetivos financeiros e, no final, acaba perdendo dinheiro.

Para não correr esse risco, tenha muito cuidado com os conselhos que recebe. Muitas vezes, o que funciona para uma pessoa não é a melhor opção para outra. Para o bem de suas finanças, leve sempre em consideração o seu perfil de investidor e seus objetivos antes de qualquer decisão financeira.

Além disso, sempre desconfie de investimentos imperdíveis, que oferecem ganhos muito acima da média de mercado. Em muitos casos, pode ser uma cilada.

Procrastinar demais

Outro obstáculo na trajetória rumo à riqueza pode ser procrastinar demais. É muito comum deixar a vida financeira de lado quando outras coisas estão acontecendo na vida.

Priorizar áreas diferentes de vez em quando não é problema. A questão é quando não acompanhar as finanças e os investimentos vira um hábito. Ao não controlar gastos e rendimentos dos investimentos, há grande chance de perder boas oportunidades de mercado.

Outro cenário comum é adiar o objetivo de diversificar o que você tem investido para alcançar melhor rentabilidade. Como não é urgente, acaba sendo deixado de lado. Tenha em mente que essa preguiça de fazer o melhor pelas finanças certamente fará com que você perca dinheiro. Planeje-se para cuidar da vida financeira como você cuida da família e da vida profissional. Valerá a pena.

Gastar mais do que está ganhando

Hábito comum, mas que tem influência direta no acúmulo de riqueza, é gastar mais do que ganha. Isso é corriqueiro principalmente entre quem não tem o costume de acompanhar com frequência seus gastos mensais. Evite cair nessa armadilha que, mesmo em curto prazo, pode desequilibrar suas finanças.

Faça um planejamento financeiro e acompanhe de perto suas despesas durante o mês. Se gastar mais do que o previsto em uma categoria do orçamento, procure compensar em outra para equilibrar as contas.

Manter-se na zona de conforto

Outro pecado financeiro que pode atrasar seu objetivo de enriquecer é se manter na zona de conforto. Ao se contentar apenas com os investimentos que tem ou, até mesmo, manter o dinheiro parado na conta-corrente, você perde a oportunidade de buscar produtos que possam oferecer rentabilidade maior.

Para fazer o dinheiro trabalhar a seu favor, é preciso ter atenção às movimentações de mercado, saber as previsões da economia e sempre buscar oportunidades de melhorias em relação aos seus investimentos. Para isso, acompanhar o que acontece no mundo das finanças e buscar sempre a educação financeira são atitudes indispensáveis.

Enriquecer de forma sólida não acontece em um passe de mágica ou do dia para a noite. É preciso encontrar um equilíbrio entre tempo, motivação, trabalho e dedicação para alcançar esse propósito. Contudo, ao conhecer as atitudes que listamos aqui, você certamente já tem uma ideia de como ficar rico, certo?

Para atingir esse objetivo, é importante lembrar também de certos hábitos que podem impedir de acumular riquezas. Busque trabalhar sua mente para mudar esses comportamentos e aumente suas chances de alcançar o tão sonhado equilíbrio financeiro.

Este conteúdo sobre como ficar rico foi útil para você? Então, auxilie outras pessoas a conhecerem hábitos que ajudam a atrair a riqueza para suas vidas e compartilhe este post nas redes sociais!

  • Publicado

    08 de julho de 2021

  • Categoria

    Educação Financeira

  • Tags Relacionadas

    Finanças pessoais

Cadastre-se para receber atualizações por e-mail