Seguro DIT: como funciona e para quem é indicado?

Seguro DIT: como funciona e para quem é indicado?

Atualmente, é possível encontrar diversas soluções disponíveis no mercado para garantir a segurança financeira e alcançar a tão sonhada estabilidade econômica. Nesse sentido, alguns produtos são bastante conhecidos, como o seguro de vida resgatável e o seguro de veículo. Outros, no entanto, costumam gerar dúvidas entre os clientes, como é o caso do seguro DIT.

Embora menos conhecido, trata-se de um produto importante para quem corre o risco de ficar impossibilitado de exercer sua profissão e, como consequência, ter a sua remuneração mensal reduzida. Ele também é fundamental como uma proteção financeira, que te ampara em situações imprevistas e evita que precise se descapitalizar para cobrir gastos.

Pensando nisso, e buscando esclarecer as principais dúvidas em torno do funcionamento do seguro DIT, preparamos um conteúdo completo sobre esse tipo de solução indicada por diversos corretores pelo país. Confira!

O que é o seguro DIT?

Descubra o que é o seguro DIT

DIT é a abreviação para Diária por Incapacidade Temporária. Trata-se de um seguro que visa garantir ao contratante o recebimento de uma indenização em dinheiro, correspondente aos dias em que precisar se afastar do trabalho por algum dos casos cobertos.

Sabemos que, muitas vezes, essas fatalidades obrigam o afastamento temporário das atividades. Isso representa um risco grave ao sustento da família, seja o profissional autônomo ou CLT, já que problemas de saúde podem demandar gastos não previstos, ainda que você tenha um plano de saúde.

Nesse sentido, além do seguro DIT também é importante ter cobertura para doenças graves ou acidentes. Elas também garantem uma indenização em dinheiro para usar como quiser em caso de sinistro previsto na apólice. Desse jeito, é possível se ausentar do trabalho até a recuperação total, sem riscos ao orçamento familiar.

Como ele funciona?

Uma vez esclarecida a finalidade do seguro DIT e as situações que produto pode proteger, fica mais fácil entender o seu funcionamento. Após contratar com a seguradora, você terá direito de receber o valor estabelecido inicialmente para cada dia que precisar se afastar do trabalho.

Fique de olho, pois na hora da contratação você escolhe o limite máximo de diárias que poderá usar caso precise. Ah, e para acionar o seguro DIT, você vai precisar comprovar a total impossibilidade de trabalhar no período.

Esse prazo para o recebimento da indenização, inclusive, constará na proposta de adesão assinada por você. Ele não poderá ser maior que 90 dias para os casos de Lesão por Trauma Continuado (LTC), Distúrbios Osteomusculares Relacionados ao Trabalho (DORT) ou Lesão por Esforço Repetitivo (LER). O período também não poderá superar 365 dias para todos os outros eventos cobertos pelo DIT.

Lembrando que doenças existentes antes da assinatura do contrato e procedimentos estéticos, por exemplo, não terão nenhum resguardo para a segurança financeira. Além disso, não há limite para a indenização de eventos ao longo do contrato, desde que eles tenham causas diferentes.

De que maneira é feito o cálculo da indenização?

A indenização, como visto, é calculada a partir do valor da diária de trabalho recebida pelo segurado na época em que o sinistro ocorre. Assim, para saber o montante da indenização, basta dividir a renda mensal por 30 dias, obtendo o valor correspondente a um dia de indenização.

Vale lembrar, nesse sentido, que o valor do seguro não apenas considera a remuneração mensal, mas também os riscos do trabalho desenvolvido.

Por isso, é sempre importante se atentar à apólice para ter mais detalhes sobre o recebimento em caso de sinistro, o valor do seguro e os eventos cobertos.

O produto se assemelha, em certo ponto, ao direito dos trabalhadores celetistas à indenização nos casos de doença ou acidente a partir do 15º dia pelo INSS (Instituto Nacional do Seguro Social). Nesse caso, no entanto, a ideia é garantir a subsistência do funcionário e não a manutenção do padrão de vida.

Quem pode contratar o seguro DIT?

seguro-dit-o-que-é

O seguro DIT é, conforme explicado no tópico anterior, um produto similar ao que seria uma indenização pelo INSS, exceto pela menor burocracia e agilidade nos procedimentos de liberação do crédito.

Sendo assim, é indicado especialmente àqueles profissionais liberais ou autônomos que não podem contar com esse suporte governamental e que, diante de algumas circunstâncias, têm a renda diminuída.

Empregados no regime CLT, entretanto, também podem contratar a DIT, visto que, apesar de serem segurados pela Previdência Social, é possível enfrentar processos lentos até receber o pagamento.

Vale lembrar que o INSS exige a realização de perícia e tem um teto indenizatório que, muitas vezes, não cobre a remuneração do segurado. O DIT, nesse sentido, pode ser uma alternativa para manter o padrão de vida.

Em casos de problemas de saúde, também é comum precisar de tratamentos especiais, remédios caros e até procedimentos não cobertos por planos de saúde. Nesse sentido o seguro DIT é fundamental, pois a indenização recebida pode ser usada para qualquer finalidade.

Qual é o procedimento para contratar o seguro DIT?

Antes de contratar o seguro DIT, é importante avaliar se ele atende às suas necessidades. Confira, então, as principais coberturas:

• Morte Acidental: em caso de morte do segurado por acidente, os beneficiários poderão receber a indenização contratual;

• Invalidez Permanente Total ou Parcial: em caso de acidente que dê causa à invalidez, também se recebe a indenização prevista;

• Diária por Incapacidade Temporária: o seguro pode cobrir também o afastamento do trabalho em caso de LER, DORT e Hérnias;

• Seguro de Assistência Funeral Familiar: no ato da contratação, também é possível adicionar cobertura para despesas funerárias em caso de morte do segurado, cônjuge ou descendentes.

Caso alguma das coberturas atenda aos riscos a que você está exposto, basta procurar uma seguradora com credibilidade no mercado e fazer a sua simulação. É importante que a instituição contratada tenha experiência no mercado de seguros e saiba orientar em cada passo.

Isso será importante se pensarmos que os produtos variam quanto à cobertura e ao perfil do segurado. Lembre-se, ainda, de verificar em detalhes a apólice de seguro no momento da assinatura, garantindo que a sua remuneração seja efetivamente protegida.

Sem dúvidas, o seguro DIT é uma solução importante a profissionais sujeitos a riscos relacionados à incapacidade temporária e a prejuízos financeiros irreversíveis em caso de perda da capacidade laborativa. Para proteger o patrimônio, é importante que tanto trabalhadores autônomos quanto celetistas estejam atentos às alternativas disponíveis no mercado.

Além disso, é fundamental procurar seguradoras que ofereçam soluções compatíveis com as suas necessidades. Nesse sentido, a MAG Seguros pode ser uma grande aliada na escolha do seu seguro DIT.

Com ampla atuação e longa experiência, a empresa especializada conta com produtos completos e flexíveis para atender às mais diversas demandas e oferecer efetiva segurança financeira aos clientes.

Gostou do artigo? Caso ainda tenha ficado com dúvidas sobre o seguro DIT ou queira conferir as oportunidades de contratação, não deixe de entrar em contato com a equipe da MAG Seguros!

consultoria-2

Cadastre-se para receber atualizações por e-mail