Acidentes domésticos: conheça os principais e saiba evitar

Acidentes domésticos: conheça os principais e saiba evitar

Acidentes domésticos acontecem, podendo ser incômodos ou até muito perigosos. A boa notícia é que dá para evitar a maior parte deles com ações básicas de segurança.

Para colocar essas medidas em prática, entretanto, é importante conhecer quais são os principais tipos de acidentes domésticos. Além de como identificá-los e quais ações adotar para diminuir a probabilidade de que cada um deles aconteça.

Para ajudar você nessa tarefa, neste post, falaremos sobre os principais tipos e como evitar acidentes domésticos. Acompanhe e garanta o mínimo de impacto negativo nessas situações.

Intoxicação com produtos de limpeza

Como prevenir acidentes domésticos

Um dos acidentes mais comuns é a intoxicação com os produtos de limpeza. Ela é recorrente, principalmente em casas com crianças ou idosos.

Os potes coloridos atraem os pequenos, que, por um acidente, podem colocar o produto na boca.

Outra situação que acontece com os produtos de limpeza e que pode ser perigosa é a utilização de embalagens de comida para armazená-los. Isso pode confundir inclusive adultos, quando não há um aviso sobre a troca.

Portanto, para que a intoxicação não aconteça, mantenha sempre os produtos de limpeza em lugares aos quais as crianças não tenham acesso.

Além disso, caso vá colocar o produto em outras embalagens, deixe um aviso bem grande destacando o real conteúdo daquele pote ou vidro.

Queimaduras são acidentes domésticos comuns

Ao cozinhar, todo o cuidado é pouco! As queimaduras com o fogão, embora não pareçam, costumam ser frequentes e doloridas.

Basta um descuido para colocar as mãos em uma panela quente, ou virar uma água fervente no corpo.

Por isso, sempre que for cozinhar, preste muita atenção no que está fazendo. Realize uma tarefa de cada vez e tenha objetos que auxiliem na cozinha, como um pegador de panela e uma luva.

Se for convidar as crianças para participar da receita, não as deixe em nenhum momento sem a supervisão de um adulto.

Falta de ar em função de objetos presos na garganta

Embora não seja tão comum quanto as queimaduras e a intoxicação, a asfixia é um acidente grave, mas que você pode reverter.

Para tanto, é fundamental que as pessoas conheçam as manobras de desengasgo, conforme a idade da vítima.

Diversos vídeos no YouTube ensinam a realizar o desengasgo tanto em crianças quanto em adultos. Portanto, escolha alguns e assista!

Garanta que outras pessoas da sua casa também saibam realizar. Assim, caso você não esteja em casa, ou o acidente aconteça com você, terá outra pessoa capacitada.

Inalação de gás é acidente doméstico perigoso

O gás é uma importante substância química que auxilia muito na rotina da casa. Normalmente, ele é útil para ligar o fogão e fornecer água quente.

Apesar da necessidade de ter um botijão em casa, esse elemento é perigoso e não deve ser inalado pelas pessoas. Por isso, por segurança, não é recomendado ter um botijão reserva de gás dentro de casa.

Além disso, é sempre importante verificar se a válvula está bem ajustada, evitando vazamentos.

Caso sinta cheiro de gás, o procedimento é desligar quanto antes a válvula e ventilar a casa, abrindo todas as janelas e portas.

Em situações em que o cheiro esteja forte, a recomendação é evacuar o local imediatamente e avisar às autoridades responsáveis para que elas possam adotar as medidas necessárias.

Quedas são acidentes domésticos em todas as idades

As quedas são uma das principais causas de acidentes com idosos. Apesar disso, elas podem facilmente afetar todas as idades.

Mesmo sendo comuns, as quedas podem ser evitadas sem muito esforço. Para tanto, é necessário ter um ambiente adaptado e seguro.

Caso a sua casa tenha escadas, invista em um bom corrimão, de ambos os lados. Aqueles que têm rampas devem garantir que o piso não seja escorregadio. Uma boa ideia é colocar tapetes antiderrapantes, que auxiliam o deslocamento nesse local.

Além disso, evite o uso de tapetes que possam escorregar e escolha os locais dos móveis de um modo que o acesso às diferentes peças não seja apertado ou prejudicado.

Quem tem idosos e crianças em casa deve evitar trocar os móveis de lugar com frequência, pois isso pode atrapalhá-los, provocando as quedas.

Incêndios também podem ser por acidentes domésticos

Principais acidentes domésticos e como prevenir

Os incêndios domésticos podem ter diferentes causas: curto em algum aparelho eletrônico, fiação elétrica antiga ou sobrecarregada, vazamento de gás, esquecimento de fogão ou forno ligado, velas acesas etc.

Para que eles não aconteçam, é preciso garantir que a fiação elétrica esteja em dia. Além disso, cuidados básicos que já vimos aqui, como ajuste do gás e atenção na cozinha, também ajudam a evitar o fogo dentro de casa.

Os eletrônicos devem ser desligados sempre que não estiverem em utilização. Deve-se ter cuidado para não deixar carregadores plugados na tomada após a carga já estar completa ou sem que um eletrônico esteja carregando.

Para garantir maior segurança, observe se os extintores estão na validade e aprenda a utilizá-los.

Lembrando que existe mais de um tipo de extintor, e cada um serve para um tipo de incêndio (envolvendo eletricidade, eletrônicos e outros).

Corte com objetos afiados podem ser graves

O último acidente que vamos trazer para você é o corte com objetos afiados. Para que não aconteça com as crianças, mantenha-os sempre em locais seguros, aos quais elas não tenham acesso.

Para que não aconteça com adultos, é preciso prestar atenção no que está fazendo sempre que for utilizar uma faca, principalmente as mais afiadas.

Caso o corte aconteça, esteja preparado para fazer os primeiros socorros: lave com água e sabão abundantemente e depois pressione o local com uma gaze ou um pano limpo. Se o sangramento não parar, procure atendimento médico.

Os acidentes domésticos, como o nome já diz, podem acontecer sem que estejamos esperando. Aprender a reconhecer situações de perigo é importante para evitar que eles atinjam a sua casa.

Outra importante ação é contar com um seguro de acidentes domésticos para idosos e seguro de vida, já que, em alguns casos, por mais que se tenha todo o cuidado necessário, não é possível evitar o acidente.

Os acidentes domésticos costumam ser recorrentes, por isso todo o cuidado é pouco. Agora que já sabe tudo sobre esse assunto, que tal oferecer ainda mais a segurança da sua família?

Confira o e-book especial sobre seguro de vida para a família: solucione todas as suas dúvidas que preparamos!

Cadastre-se para receber atualizações por e-mail