Médico online: veja como funciona a consulta e o que é permitido

Médico online: veja como funciona a consulta e o que é permitido

Os órgãos reguladores sempre exigiram que as consultas com profissionais de saúde fossem realizadas de forma presencial, salvo alguma emergência que precisasse de orientação imediata. Por outro lado, com as restrições impostas pela pandemia, todos tivemos que nos adaptar, e o atendimento médico online se tornou uma necessidade.

A telemedicina passou a ser uma ótima alternativa em casos não urgentes ou que dispensam exames imediatos. Contudo, por ser uma prática nova, pode gerar algumas dúvidas. Pensando nisso, saiba quais são as principais informações para usufruir com tranquilidade desse recurso.

Como funciona um médico online?Entenda como funciona a consulta com médico online

A consulta online é uma interação realizada por uma plataforma digital, de modo remoto, entre o profissional de saúde e o paciente. Parece simples, mas ela precisa seguir regras preestabelecidas pelo Código de Ética Médica (CEM).

O paciente precisa ser informado pela instituição ou médico sobre qual é o canal que será utilizado para a prestação do serviço. Também é fundamental manter o agendamento da consulta em dia e horário predeterminados.

Caso o médico ache necessário, pode disponibilizar uma forma de o paciente entrar em contato após a consulta. Mas esse tipo de interação pós-atendimento não deve ser cobrado, nem é permitido realizar a consulta completa por esses meios.

É preciso ter cautela ao utilizar o atendimento médico online. As plataformas devem ser apropriadas e oferecerem segurança tanto para os pacientes quanto para os médicos, cuidando da privacidade e a confidencialidade dos dados.

Quais são as vantagens da telemedicina?

O atendimento médico online ajuda a reduzir várias barreiras, como distância, tempo perdido no deslocamento até o local de consulta e período de espera para ser atendido. Os horários também são mais flexíveis para especialistas e pacientes.

As novas tecnologias e a qualidade crescente das conexões de internet permitem que a interação entre médico e paciente sejam objetivas e claras. Para isso, basta um ambiente tranquilo, sem interrupções.

Muitas pessoas deixam de cuidar da saúde de forma preventiva, como realizar um check-up médico, por exemplo, por falta de tempo.

Deslocar-se até um consultório para receber atendimento pode ser inviável na correria do dia a dia. Mas com as orientações recebidas pelo teleatendimento, fica mais fácil realizar os exames de rotina e enviá-los ao médico para acompanhamento.

O que é permitido nesse tipo de atendimento?

A implementação da telemedicina no país aconteceu de maneira muito abrupta, devido à pandemia. Logo, é natural ter dúvidas e até uma certa insegurança sobre como usá-la.

É fato que ela veio para ficar, mas é preciso conhecer as regras e entender em que situações o atendimento médico online pode atender às suas necessidades.

Consultas

Médico online é solução prática para consultas e encaminhamentos

Teleconsulta é o termo usado para descrever uma consulta médica realizada de maneira remota, ou seja, quando médico e paciente estão em locais diferentes. A liberação dessa modalidade aconteceu em caráter excepcional durante a pandemia, mas demonstrou ser uma tendência em crescimento.

O Conselho Federal de Medicina (CFM) ainda defende que a primeira consulta deve ser presencial, já a Associação Médica Brasileira (AMB) alega que essa decisão cabe exclusivamente ao médico e ao paciente.

É permitido realizar o acompanhamento do paciente por meio da tecnologia, mas há uma recomendação de que seja feita uma consulta presencial a cada 120 dias, em casos de doenças crônicas.

Telecirurgias

Nessa modalidade, o procedimento é realizado por um robô comandado por um profissional de saúde que se encontra em outro local.

Contudo, é preciso que um médico, igualmente habilitado, esteja presente na sala de cirurgia durante o procedimento. Também é permitido que os médicos troquem informações por meio de uma teleconferência.

Emissão de laudos

É permitido emitir laudos e avaliar o resultado de exames utilizando gráficos e imagens transmitidos pela internet, desde que o profissional tenha qualificação para isso.

A utilização de prontuários eletrônicos também facilita o acesso às informações e permite um melhor acompanhamento do paciente.

Prescrição médica

Durante a consulta podem ser avaliados sintomas e solicitados exames. Além disso, é permitido ao médico realizar prescrição de tratamentos e remédios, desde que constem no documento as informações obrigatórias, como nome do médico e CRM, nome do paciente, data, hora e assinatura.

O que não é permitido nesse tipo de atendimento?

Como todos os avanços tecnológicos, a telemedicina impõe desafios e discussões éticas. Por isso, o profissional deve se portar da mesma forma como em um atendimento presencial e não ultrapassar alguns limites de conduta.

Atendimento por redes sociais

A interação entre o médico e o paciente por meio de redes sociais ou aplicativos de mensagens não é proibida pelo CFM, mas não pode ser considerada uma consulta e, consequentemente, ser remunerada.

Esses meios devem ser utilizados para auxiliar na distribuição de informações, tirar dúvidas e para acesso ao resultado de exames.

Autopromoção

É permitido que médico dê informações com fins exclusivamente educativos, mas deve evitar sua autopromoção, que é quando o profissional se aproveita dos meios para conseguir mais clientes, comercializar métodos de diagnóstico ou terapêuticos.

Divulgação de fotos de pacientes

O médico também não pode divulgar imagens do paciente, mesmo com seu consentimento, para explicar uma doença ou promover um resultado.

Como funciona a telemedicina no Seguro Vida Toda Bem-Estar da MAG?

A MAG Seguros disponibiliza a telemedicina como uma das coberturas do Seguro Vida Toda Bem-Estar. Além das consultas com o médico online, o segurado tem acesso a outros serviços e benefícios exclusivos, que ajudam a trazer mais qualidade de vida.

São vários os profissionais de saúde que podem fazer o atendimento de forma remota, como:

• psicólogos;

• nutricionistas;

• profissionais de educação física;

• farmacêuticos;

• assistentes sociais.

Além do respaldo de todos esses profissionais, é possível receber descontos em medicamentos, nos exames e nos atendimentos. Tudo isso disponível canais de atendimento online ou por telefone, integrados com o que há de mais moderno em telemedicina e, ainda por cima, 24 horas por dia.

O atendimento médico online traz muitos benefícios e é uma prática que fará parte da nossa vida de modo muito mais marcante nos próximos anos. Não é preciso esperar até uma emergência para usufruir desse serviço. Cuide da sua saúde agora!

Quer mais segurança e saúde para a sua família? Entre contato conosco e descubra todas as possibilidades para garantir sua qualidade de vida familiar!

mag-banner-blog-bemestar-980x118-animado02-v06

Cadastre-se para receber atualizações por e-mail