O que é Declaração Pessoal de Saúde e quando é utilizada?

O que é Declaração Pessoal de Saúde e quando é utilizada?

Contratar um seguro de vida é cada vez mais fácil e prático para quem quer se resguardar. No entanto, alguns documentos ainda são bastante importantes nesse processo e exigem atenção dos beneficiários. Um exemplo disso é a Declaração Pessoal de Saúde, ou DPS.

Quer entender melhor sobre esse registro e como ele se relaciona com a contratação de um bom seguro de vida? Nós fizemos um guia rápido sobre o assunto. Acompanhe!

O que é a Declaração Pessoal de Saúde?

O que é a declaração pessoa de saúde para seguro?

A Declaração Pessoal de Saúde, ou DPS, é um documento obrigatório durante a contratação de um seguro de vida. Ou seja, seu objetivo é que o beneficiário ou seu representante legal registre seu estado de saúde atual e doenças pré-existentes.

Geralmente, a DPS se apresenta em formato de formulário e compreende perguntas gerais e específicas sobre as condições físicas.

Em quais situações esse documento é necessário?

A DPS é relacionada a contratos de serviço em que a saúde do contratante é relevante para termos e condições como abrangência de cobertura, atuação e valores de despesas médicas e indenizações. Geralmente, é solicitada durante a contratação e pode ser exigida novamente em períodos de renovação.

Os casos mais comuns em que vemos o documento, por exemplo, são as contratações de planos de saúde e seguros de vida. Nesses casos, a empresa que fornece o serviço tem direito de averiguar sobre o estado físico do possível segurado, ou seja, que tem o dever legal de responder ao questionário de maneira idônea e completa.

Como o contratante utiliza a DPS no processo de contratação de seguro?

A Declaração Pessoal de Saúde é um dos documentos mais importantes na relação entre seguradora e segurado. Afinal, ela vai determinar pontos importantes do contrato e pode servir de evidência legal no futuro.

Do lado do segurado, a DPS é uma garantira. A empresa não poderá recusar a ele o pagamento de indenizações ou despesas previstas no contrato caso não tenha informado o beneficiário sobre condições prévias.

Do lado da seguradora, ela pode se recusar ou até quebrar o contrato unilateralmente em situações em que fique provada a omissão ou fraude na solicitação dessas informações.

O que a DPS pode perguntar?

Tire suas dúvidas sobre a DPS do seguro de vida

Exatamente pela importância da Declaração Pessoal de Saúde, a pessoa precisa ter cuidado na hora de preencher. Mesmo que não seja uma intenção de má-fé, algumas questões mal respondidas podem gerar dores de cabeça no futuro.

É importante entender que o objetivo da DPS não é constranger ou dificultar o acesso a um seguro de vida. É um documento importante para que as duas partes se resguardem e garantam sua idoneidade.

Em suma, tenha o máximo de sinceridade nessas questões. Então, serão perguntas sobre doenças e lesões pré-existentes, uso de medicamentos controlados, fatores de risco, hábitos de vida e histórico familiar em certas condições geneticamente influenciadas.

Nenhuma dessas questões visa negar um contrato ou tentar empurrar um plano diferente. É a forma que a seguradora tem de avaliar seu perfil e sugerir as melhores opções para você e seus entes queridos.

Portanto, não precisa ter medo sobre o documento. A Declaração Pessoal de Saúde é um registro importante para assegurar seu futuro.

E que tal, além de contar com o melhor seguro de vida, ter ajuda especializada para guiar esse processo? Visite o site da MAG Seguros e conheça nossos planos! Ou se preferir faça uma simulação personalizada ao clicar na imagem abaixo:

Cadastre-se para receber atualizações por e-mail