Pai de primeira viagem: como se preparar?

Pai de primeira viagem: como se preparar?

Um filho traz dúvidas e inseguranças para o pai de primeira viagem. Elas podem ser superadas mais facilmente se tanto o pai quanto a mãe estiverem engajados em aprender e se adaptar.

Afinal, as crianças não vêm com manual de instrução. Antes mesmo de chegar a hora de trocar fraldas, aprender o significado do choro, das carinhas e expressões, os filhos e a gravidez já causam muitas mudanças na rotina.

Então, se você é pai de primeira viagem, aqui vão algumas dicas para te ajudar desde a descoberta da gravidez até o momento de planejar o futuro do seu filho.

Durante a gravidez

As dicas para quem é pai de primeira viagem

Prepare-se para a chegada de uma nova vida

Depois da notícia e da alegria que vem com ela, é hora de começar a se preparar para se pai ou mãe. Já existem cursos para pais que ensinam como dar o primeiro banho, trocar fralda, dicas para a hora do parto, entre outras informações que podem ajudar você a vivenciar as descobertas desse momento.

Participar de todas as etapas vai ajudar você a amadurecer a ideia do que é o papel de um pai ou mãe até a chegada do bebê, além de fortalecer o relacionamento do casal.

Respeite as oscilações de humor

A gravidez faz com que o corpo da mulher passe por uma tempestade hormonal, com oscilações que não são vistas fora desse período. Assim, é natural que ela apresente padrões de humor e comportamento que não estavam presentes até então.

Esses momentos exigem do pai de primeira viagem respeito, compreensão e empatia. É fundamental se colocar ao lado da mulher nesse período de oscilações e nunca dizer que aquilo é um exagero ou uma estratégia para chamar a atenção. Converse e disponha-se a tentar entender o que ela está sentindo.

Além disso, procure ressaltar o que ela tem de melhor. Isso fará toda a diferença para a autoestima em um momento que pode ser delicado nesse aspecto.

Ajude a cuidar da segurança do bebê

A chegada do bebê requer alguns cuidados, e um deles é a montagem do quarto. Dê preferência a móveis com cantos arredondados, para evitar as temidas quinas, que podem causar acidentes nos primeiros passos.

Lembre-se de que, com o tempo, você vai ter que expandir esses cuidados para o resto da casa também: retire objetos pontudos, de vidro, mesas de centro e tudo que possa machucar o neném quando ele começar a engatinhar.

Participe da compra do enxoval

Enquanto o bebê não nasce, será necessário decidir o tipo de roupinha e acessórios que vocês vão comprar. Nisso, o pai de primeira viagem também deve ficar de olho na escolha dos itens que fazem parte do enxoval, como fraldas, algodão, sabonete, lenços umedecidos, pomadas antiassaduras etc.

Você também pode começar a pesquisa de preços de itens essenciais como o carrinho de bebê, o berço, o bebê-conforto, entre outros.

Depois da gravidez

pai de primeira viagem

Cuide do registro civil

Se você trabalha com carteira assinada, tem o direito à licença paternidade de até 20 dias. Já a licença maternidade é de 120 dias, e também é válida para os casos de adoção.

Aproveite o período fora do trabalho para tomar a primeira providência após o nascimento, que é o registro da criança em um cartório. Para fazer o documento, você deve levar a Declaração de Nascido Vivo fornecida pela maternidade.

É pai de primeira viagem? Curta o bebê

Nos demais dias, curta bastante o bebê e aproveite para dar um descanso para a mais nova mamãe. Ela precisará muito do seu apoio, e você não deve ter medo de perguntar sobre como ajudá-la.

Faça parte do processo de alimentação

Nos primeiros meses de vida, a simbiose entre mãe e criança é muito grande. E esse processo é certamente reforçado pela amamentação. Em condições ideias, ela deve ser a fonte exclusiva de alimentação para o recém-nascido. Isso, contudo, não exclui a participação do pai.

Nesses primeiros momentos, em que o leite materno é o único alimento da criança, o pai pode agir com alguns gestos simples, como ficar com o filho no colo após a amamentação para ele arrotar ou mesmo levantar de madrugada para pegá-lo quando ele estiver com fome.

A partir do momento em que outros alimentos forem sendo inseridos na dieta do pequeno, o pai pode ocupar um posto mais central nesse processo, indo desde a preparação das refeições até a alimentação em si.

Adapte-se ao novo estilo de vida

A presença do novo ser humano na família exige também uma série de adaptações no estilo de vida. Pode ser, por exemplo, que seja necessário trabalhar mais para garantir o sustento do novo dependente.

Além disso, será necessário dedicar tempo para acompanhar o bebê desde os primeiros momentos, principalmente para que essa responsabilidade não recaia apenas sobre uma pessoa.

Dessa forma, procure conciliar as novas obrigações e encontrar um espaço para tudo na agenda. Não ignore seus objetivos de carreira e procure tempo para descansar, mesmo que isso leve em conta as necessidades do novo membro da família.

Planeje o futuro do seu filho

Você é responsável por ajudar seu bebê a se preparar para a vida e ter uma boa educação, tanto dentro quanto fora de casa. É importante garantir que ele estará preparado para seguir o caminho que escolher.

Mas como fazer isso? Reservar mês a mês uma parte do seu orçamento para um investimento é uma alternativa que facilitará a vida do seu filho, quando ele puder decidir, por exemplo, qual carreira seguir.

Até lá, tão importante quanto isso é você garantir que poderá arcar com as despesas que suportarão o crescimento dele, ou seja, sua renda deverá estar protegida.

Nesse sentido, Previdência Privada e Seguro de Vida são palavras importantes para você neste momento. Ao contar com o suporte desses serviços, o seu herdeiro e toda a família passam a contar com o auxílio adequado em momentos de dificuldade aos quais todos estamos sujeitos, além de permitir planejar o futuro com mais tranquilidade.

Ser pai de primeira viagem é uma jornada e tanto, não dá para negar. Contudo, com o devido planejamento, organização e dedicação, esses momentos certamente se tornarão um dos pontos altos da vida de qualquer homem ao longo de todo o crescimento do filho.

Por isso, pense com carinho em cada detalhe durante a gravidez e se prepare para o que está por vir.

Quer saber como funciona um seguro de vida? Tire todas as suas dúvidas neste outro post do blog e veja como ele pode auxiliá-lo no seu planejamento!

  • Publicado

    25 de abril de 2022

  • Categoria

    Planejamento

  • Tags Relacionadas

    Família

Cadastre-se para receber atualizações por e-mail